Obrigado

Por estes 10 anos

Obrigado por ter estado nas nossas filas. Obrigado por nos ter aconselhado aos seus amigos. Obrigado a todos os colaboradores que estiveram e estão connosco. Obrigado por nos ter criticado, elogiado e dado sugestões. Obrigado por nos ter permitido trabalhar no que gostamos. Obrigado por nos ter defendido e partilhado nas redes sociais. Obrigado aos média, que nos deram tempo de antena. Obrigado aos alunos que fizeram teses e trabalhos sobre nós. Obrigado a todos os que apoiaram as nossas campanhas de IRS. Obrigado às universidades que fizeram cadeiras para estudar o nosso caso. Obrigado a todos os nossos fornecedores. Obrigado por gostar do nosso azul. Obrigado por se registar na App. Obrigado pelas petições para a volta de antigos hambúrgueres. Obrigado a todas as empresas e instituições que nos convidaram a dar palestras. Obrigado à malta do ginásio que come dois hambúrgueres. Obrigado aos pais que levaram os filhos. Obrigado aos filhos que arrastaram os pais. Obrigado por participar nos nossos desafios. Obrigado pelos muitos jantares de grupo que fizeram connosco. Obrigado aos que votaram no próximo hambúrguer a entrar. Obrigado por nos terem dado outra oportunidade quando falhámos. Obrigado a todos os que deram e dão a cara por nós. Obrigado por nos terem dado vontade de aqui ficar nos próximos 10 anos.

Obrigado a todos por serem o H3.

NOVIDADE

H3 Mex

Uma receita que é uma fiesta

Molho de queijo, geleia de malagueta, crocante de cebola, totopos e coentros.

Já abriu

H3 Cais do Sodré.

Uma loja de rua com serviço à mesa, uma janela a vender para o passeio e uma ementa que vai muito para além dos hambúrgueres.

Para conferir in loco ou aqui.

Slow.

a nossa nova marca

Da equipa que fez o h3 chega o restaurante de fast food que se chama Slow.

Num serviço rápido vai poder comer carnes que estiveram a cozinhar longas horas a baixa temperatura até se desfazerem. Carnes como frango, porco e vaca.

A novidade aqui é o processo de cozinhar, que as transforma em algo novo. Carnes com uma textura, suculência e sabor raros. Então, num fast food, arriscamos dizer que não existia mesmo.

Temos 7 molhos para servir com as carnes que se desfazem e vários acompanhamentos inesperados.

As combinações de pratos que pode fazer com estes elementos são infinitas. Podem ir de uma salada de cuscuz com frango e molho de iogurte e hortelã a um bitoque.

Temos ainda as sandes de carne que se desfaz que, pelas primeiras reacções, arriscam-se a ficar famosas. Para comer logo ou levar. Aceitamos encomendas.

Para acabar, a Pavlova Slow. Merengue que por detrás de uma carapaça dura e crocante esconde um interior mole, com iogurte, coulis de frutos silvestres e molho de morango. Tínhamos de ter uma sobremesa que se desfizesse.

O Slow está já em vários centros comerciais à sua espera. Se quiser ficar a saber mais sobre a nossa nova marca - tal como fotos, ementa ou localizações - visite slow.pt